1.20.2015

trezentos e sessenta e cinco dias

Trezentos e sessenta e e cinco dias.
Passaram trezentos e sessenta e cinco dias diz o calendário, perdemos um equinócio, perdemos um solstício, perdemos tantas luas, perdemos uma primavera de abraços e um outono de mimos, perdemos tanto. Tu sabes que perdemos demais.
Passaram trezentos e sessenta e cinco dias e eu sei-os todos de cor. Ainda te sei de cor e vou sempre saber. Vou sempre sentir o teu cheiro doce, vou sempre ouvir em mim a tua gargalhada inesperada, vou fechar os olhos e ver a fotografia perfeita das tuas mãos.
Passaram trezentos e sesseta e cinco dias. Tenho saudades de te sentir, daquelas saudades impossíveis que achei, inocentemente, não existirem.
Existem, sabes? São as minhas saudades tuas de hoje, amanhã, depois e depois.

Trezentos e sessenta e cinco dias e saudades impossíveis. É isto.




IMG_3934 IMG_3957 IMG_3984 IMG_3967 IMG_3985 IMG_3988

2 comentários:

Acerca de mim

A minha fotografia
O meu nome não é Rita Laranja. E gosto de tirar fotografias. amidnightinbuenosaires@gmail.com