12.31.2014

sejam felizes

Sem balanços, sem quantificações desprovidas de significado, sem saudade, sem qualquer emoção, despeço-me de dois mil e catorze. Sem olhar para trás e é tão bom não olhar para trás!
Sejam felizes em dois mil e quinze! Usem e abusem do amor, dos beijos e dos abraços, digam às vossas pessoas preferidas que gostam delas, dancem ao som vossa música preferida, dancem sozinhos ou de mãos dadas, mas dancem, dancem muito. Esqueçam os queixumes, esqueçam o mundo três vezes por semana, agarrem os livros, um pôr-do-sol, há poucas coisas melhores que isto. Saltem da vossa zona de conforto, falem com um estranho todos os dias, surpreendam-se com a quantidade de pessoas interessantes que há por aí, conheçam mundos novos, procurem uma nova cor e um novo cheiro. Chorem, riam, façam xixi de tanto rir, não tenham medo, todas as escolhas têm cinquenta por cento de hipótese de dar certo. Mudem a vossa vida, ou não, não mudem a vossa vida, façam o que quiserem mas sejam felizes em dois mil e quinze, sejam muito felizes.


Um grande beijo. Um novo ano bem bonito!



2 comentários:

  1. Amei muito o texto e também desejo pra você um lindo 2015. Beijo!

    http://wanilagoularte.wordpress.com

    ResponderEliminar
  2. Um texto assim só pode chamar um 2015 cheio de alegrias. :)

    ResponderEliminar

Acerca de mim

A minha fotografia
O meu nome não é Rita Laranja. E gosto de tirar fotografias. amidnightinbuenosaires@gmail.com