10.12.2012

Este país

Ontem não gostei do meu país. Ontem, pela primeira vez, não gostei deste país que me leva as amigas.
Este país leva-me as amigas daqui para fora. Vamos tentar lá fora, aqui não há nada para nós.
Este país leva-me as amigas daqui para fora. Uma já foi, quantas se seguem. Vamos todos. Aqui não há nada para nós.
Este país leva-me as amigas daqui para fora. As amigas de sempre, as amigas brilhantes que seriam brilhantes para o meu país, para o país delas.
Mas ninguém quer saber se somos brilhantes, ou se não valemos nada. No fim, não passamos de uma fotografia num dia mau, um número com vírgulas demasiado esquecido por quem se está a lixar para nós.
Chegamos a um ponto em que somos meros carneiros, carneirinhos, comemos e calamos. Vamos para onde nos mandam, vamos para onde tem que ser. Vivemos no tem que ser, e pior, vivemos no ao menos tenho isto.
Não nos dão o direito a escolher. Estudamos o que queremos, depois vamos para onde não queremos, porque ao menos tenho isto.
Acordamos sonâmbulos, deitamo-nos sonâmbulos. Estão-nos acabar com a alegria, a espontaneidade, e leveza de espírito, os nossos minúsculos prazeres.
As conversas não variam. As letras são as mesmas, não variam. Não gosto do meu país assim. As pessoas estão cinzentas. Continuamos deitados à espera do resultado.

Este país leva-me as amigas daqui para fora. Este país está doente, febril, irado. 
Tenho saudades do meu país.  






5 comentários:

  1. tenho saudades dela e de nós se tivermos que ir.

    ResponderEliminar
  2. quem me dera não concordar contigo... :(

    ResponderEliminar
  3. Como te compreendo, como concordo com tudo o que dizes...
    Eu também saí, não por necessidade, mas sim por um sonho. Mas daqui de fora sinto o que dizes mas não só em Portugal, é um problema generalizado e isso é triste..muito triste. E é triste este sentimento de desilusão e de "já não vale a pena fazer nada" se ir apoderando até das pessoas mais positivas, até daqueles que sempre sonharam.. Agora é difícil sonhar. Muito difícil.
    (e gosto mesmo da ligação do texto às imagens. Inteligente, como sempre)

    ResponderEliminar
  4. De repente alguém disse podem ficar se quiserem, mas não podem voltar ser felizes como antes.
    Podem ficar e sobreviver.
    Mas já nem sempre se consegue sobreviver.

    ResponderEliminar
  5. Sem duvida que tenho saudades do meu país. Eu fui e voltei, mas cada vez mais vejo a frase "voltar a ir", como uma realidade\necessidade.

    ResponderEliminar

Acerca de mim

A minha fotografia
O meu nome não é Rita Laranja. E gosto de tirar fotografias. amidnightinbuenosaires@gmail.com