9.10.2012

A coisa de todas as coisas

Coisas, de coisas. Não apenas coisas...


Temos uma data de coisas. Temos armários cheios de coisas. Caixas, caixotes, caixinhas. Temos uma casa cheia de coisas.
Nunca gostei de deitar as coisas fora. Acho sempre que um dia vou gostar de olhar para elas outra vez.
Li ou ouvi em qualquer lado que chega uma altura que temos de deixar ir as nossas coisas. Por uma questão de espaço. Única e exclusivamente, uma questão de espaço.
Porque tu, eu e todas as coisas... Tu, eu e todas as coisas, não cabemos no mesmo espaço.
Apenas uma questão de espaço, esta coisa de todas as coisas. 









1 comentário:

  1. E as coisas que não temos, mas que nos têm a nós? As louças bonitas, os quadros bons, a casa, alguns móveis e roupas de material e estética resistentes às modas... Hão-de ficar sem nós um dia e, impassíveis, passarão a ter outros que julgarão que as têm. É a herança das ilusões.

    ResponderEliminar

Acerca de mim

A minha fotografia
O meu nome não é Rita Laranja. E gosto de tirar fotografias. amidnightinbuenosaires@gmail.com