1.05.2013

Os invencíveis

Lembro-me do tempo em que éramos invencíveis, todos nós naquela altura éramos invencíveis.
Hoje não estou a falar de ti. Hoje falo daqueles tempos onde o verdadeiro tempo ainda não tinha passado,  daqueles tempos em que não sabíamos o que era o quebrar do coração, a agonia da alma, a lucidez dos sentidos. Daqueles tempos em que éramos invencíveis, éramos muitos e bons.
Gosto de nos recordar, gosto de me rir ao recordar-nos. E gosto de ter saudades.
Gosto de ter saudade dos tempos em que éramos os invencíveis, quando o mundo estava exactamente na palma da nossa mão esquerda e quando os amendoins davam gargalhadas de meia-noite.
Já não somos muitos, mas eternamente seremos bons e invencíveis.

   
E apresento-vos o José, invencível.
Como sempre.






Sem comentários:

Enviar um comentário

Acerca de mim

A minha fotografia
O meu nome não é Rita Laranja. E gosto de tirar fotografias. amidnightinbuenosaires@gmail.com