11.05.2012

A ferrugem

E se, por momentos, a ferrugem não sair?
Uma vez instalada, a ferrugem não sai. Uma vez oxidado, o ferro vira ferrugento. Dizem que a culpa é do oxigénio, no caso do ferro, não morre solteira. 
Noutros casos, mais humanos, mais carnais, bestiais de bestas, casos bicudos e também eles ferrugentos, nesses casos a culpa também é do oxigénio. Demasiado oxigénio só para nós, quatro paredes, demasiado oxigénio para nós, demasiado para não ser dividido. E quando a culpa é do oxigénio o resultado só pode ser ferrugem.


Não faz mal, dizes tu. 
Mas eu posso estar bem com a minha ferrugem, e com as minhas quatro paredes de oxigénio.
Ou não?


Entretanto sou capaz de ter saudades,
do que não cheguei a ver.








Sem comentários:

Enviar um comentário

Acerca de mim

A minha fotografia
O meu nome não é Rita Laranja. E gosto de tirar fotografias. amidnightinbuenosaires@gmail.com