9.03.2012

O Alvão, da minha janela

Durante muito tempo tive a sorte de acordar, abrir a janela e... lá estava ele.
Este ano não vou ver o Alvão da minha janela. Vou ver pessoas, carros, a cidade a circular. Não vou poder olhar para ele, como fiz tantas e tantas vezes. 
Sempre achei sedutora a sua imponência, sempre me fez prender o olhar. Este ano, despeço-me da minha vista para o Alvão. Não que vá para longe, simplesmente a janela não é a mesma.

Hoje tratei das vistas, desta espectacular imensidão que tive o privilégio, sim! o privilégio, de fotografar no meu último passeio.
É arrepiante. O ar é delicioso. O verde é único... e somos paz. Da cabeça aos pés.

Apresento-vos, o meu querido Alvão. Para sempre da minha janela.








2 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigadaaa! Inês, conheces? é mais um lugar fantástico para visitar! :))

      beijinhos!

      Eliminar

Acerca de mim

A minha fotografia
O meu nome não é Rita Laranja. E gosto de tirar fotografias. amidnightinbuenosaires@gmail.com