7.25.2012

Si, la vida es tanta ostia

Há uma música, que me faz lembra uma miúda espanhola que conheci algures em 2009, nos tempos áureos de Holanda.
Aleida, chamava-se assim. E cantávamos isto, histericamente. Com o meu espanhol histérico e tão tão (se vocês soubessem o quanto) perfeito.
Era isto:


que bonito es el amor
que bonito es divertirse
ser un chico sano un caraja un despiste
que bonita es una flor
que bonito el arcoiris
si es que la vida es la hostia
y yo no se porque estoy triste
¡tanta pena!

si la vida es tanta hostia

yes que me miro las venas
y la sangre se me amontona
y luego miro pa'rriba
pa cargar la pistola
matar dos monstruos de un tiro
el primero es la agonia
y el segundo es el vacio donde me quedo to
los dias











1 comentário:

Acerca de mim

A minha fotografia
O meu nome não é Rita Laranja. E gosto de tirar fotografias. amidnightinbuenosaires@gmail.com