6.10.2012

Meu chérie, domingo.

Gosto de cerejas. Gostar de gostar verdadeiramente. De comer tigelas e tigelas. Isto durante dois dias, depois esqueço-me.
É uma história de amor intensa, mas curta. Paixão talvez.
Não costumo gostar destas histórias. Das que começam e que não tarda, vão acabar. Ou gosto. De as ler num livro, ver num filme. Aí é tudo giro, uau!
Mas eu continuo a não gostar. 
Gosto, sim, daquelas que nos arrebatam o coração e trememos quando pensamos que podem acabar. Esgotar. Passar da validade. 
Estas histórias são bonitas, são cruéis, duram muito tempo. Quando passam, levam tudo até não restar nada . 
Gosto de ler uma história e no fim, ficar a pensar que foram felizes para sempre. Ainda que, não passem de uns meros laivos de imaginação.

Mas não vamos falar de histórias. Não hoje. 
Falemos de cerejas e de domingos. Bons domingos.








Sem comentários:

Enviar um comentário

Acerca de mim

A minha fotografia
O meu nome não é Rita Laranja. E gosto de tirar fotografias. amidnightinbuenosaires@gmail.com